segunda-feira, 6 de maio de 2013

Depois de Dormir

A diferença é o que nos torna indiferentes
Tanta mentira nos faz querer a verdade
Não é escolha acreditar ou não em algo
Tua ignorância é o que limita a ti mesmo

Será que é necessário deixar de pensar
E seguir algo que não evolui como a gente
Tu és Procusto e não aceito o seu convite
E estou imune a qualquer fascismo atraente

E a finitude não me assusta como antes
E essa concepção me tornou mais liberto
Sou reflexivo e diligente e um pouco lerdo
Reflexivo e diligente e um pouco lerdo

2 comentários: